Discriminação com pessoas mais velhas existe em 50% da população aponta relatório da ONU