'Durante o velório a polícia passou mais de 30 vezes de carro bem devagarinho apontando o fuzil'