Viúva de ucraniano morto no aeroporto de Lisboa: “Sabiam o que estava a acontecer e ninguém ajudou”